Dragon Ball XV e suas ideias recicladas

image

Em 10 de junho de 2014 foi anunciado Dragon Ball XV , a maioria dos seres viventes fãs do anime ficaram bem animadinhos, já que o game anterior foi tão ruim que qualquer coisa com nome de dragon ball seria melhor, mas o que mais animava era a Dimps que estava por trás do novo jogo, empresa responsavel pela trilogia Dragon Ball Budokai e o game do ps3 Burst Limit,  (Serio mesmo que não chamaram a Spike para fazer esse game? cade a Cyber2 pra salvar DBZ ?)

asdasdaffqwegh

 

A grande novidade do game esta em não seguir a estoria do anime, mas trazer  um personagem totalmente customizado pelo proprio jogador como protagonista, essa parte já começamos a ver  as ideias recicladas em ação, em quase todos lugares vocês leram que muitas dessas novidades coisas “nunca vistas”, você poderá se transformar durante a lutas, podera criar personagens de  raças diferentes, até a inédita “Majin”!!! ( Game do ano!!! ei pera ja vi isso…)  na verdade quase todas as ideias do game são um apanhado de ideias do game ja falecido “DRAGON BALL ONLINE” bem antes de  continuar falando, melhor explicar para queles que não o conheceram o que se trata.

db onlinest2

Dragon Ball online foi um game produzido pela NTL , totalmente supervionado e roteirizado pelo proprio criador Akira Toriyama, bem a estoria do game se passa no ano 1000, sim isso mesmo no game conta que as aventuras  vividas por Goku e sua turminha se passam no ano 784 final da saga Boo (Maioria não sabe mas saga GT não foi feita por que Akira, seu contrato obrigava a fazer mais uma saga no anime, mas ele não supervisionou roteirizou nem nada, por isso ele a ignora) durante esse tempo a raça sayajin foi completamente fundida com a humana, todos possui algum vestigio dos antigos guerreiros em seu sangue, outros eventos legais ocorreram como, Kuririn fundou a Nova Escola da Tartaruga,Tenshinhan fundou a Escola de Cranes, e Goten e Trunks fundaram a Kikoukenjutsu escola de artes marciais com espadas); a desculpa para todos lutarem ou até mesmo aprenderem um pouco sobre o ki foi devido ao livro que Gohan escreveu no ano 804, Groundbreaking Science, explicando o controle do Ki e das artes marciais para o público, mas a mais importante é que em algum ponto Majin Boo por ser praticamente imortal acabou se sentindo sozinho e a partir dele mesmo criou uma versão dele Feminina assim surgiu a raça Majin, que supostamente é uma raça nunca vista em XV.

dbxenoverse

Talvez grande spoiler seja falar da estoria do DBO, já que muita coisas com certeza seram reaproveitadas em XV, resumindo, um ser mal, do mal, mais mal que o mal, que vimos até hoje em Dbz, esta tentando voltar no tempo e, mudar o rumo da estoria controlando Goku para obter seus poderes, para quem conseguiu jogar nos servers chineses assim como eu, sabe que as partes mais legais eram as “Time Machine Quests” a onde você voltava no tempo em alguma parte da estoria do anime e ajudava algum guerreiro z, bem um bom exemplo,quando a nave do goku chega na terra, enquanto Son Gohan Vô de Goku corre para a onde a nave caiu e salvar nosso amado Kakaroto, você tem que defender -los de inimigos, ou em outros casos  ajudar a derrotar o inimigo que esta sendo controlado, exemplo você e Picoolo vs Gohan macaco gigante. Infelizmente mesmo o game tendo um sistema de custumização bem legal , raças legais, poderes maneiros, os servidores vieram a fechar dia 26 de setembro de 2013.

Aproveitem o video mais irado e nostalgico de Dragon Ball Online

Até agora só foi mostrado muita coisa mal feita, muitos elementos na tela, uma mira que fica flutuando no inimigo que você luta, muitas coisas bestas que a tenkaichi não tinha e, que era melhor nele, lembrando que estamos falando de um game do ps2, e esse um game praticamente de nova geração, mas bem a desculpa deles é que esta no beta alpha do omega closed e bla  bla bla…Bem se não ta pronto não mostra!!!

Os gráficos estão muito bonitos, mas nada surpreendente, as vezes parece que o  burst limit é bem mais bonito, mas isso conserteza mudará até o lançamento, jogabilidade esta muito melhor que no game dragon ball z Battle of z, bem coisa bem facil de conseguir, ainda sim esta bem mais lento e menos fluido que  Tenkaichi, também vão continuar com o foco na luta contra mais de um adversario em cena, que não deu muito certo DBZ BZ, foi mostrado uma das coisas mais legais é que agora você poderá explorar algumas cidades conversar com npcs , bem no estilo de One Piece Unlimited World Red, tudo muito legal, até a parte que se percebe que muitos cenarios são muito parecidos com do DBO só que com tamanhos maiores, e com texturas melhoradas, na parte da custumização talves seja o maior problema, para quem ja jogou o DBO vai notar que apenas tem um CTRL C+CTRL V , roupas, personagens cenarios, isso não é ruim, porque o game acabou, tinha artes maneiras e tals, mas  deveriam criar coisas novas a partir daquilo, tudo que até agora foi mostrado como “nunca visto antes” na verdade não é, são apenas coisas velhas de games passados juntadas com a ideia de um game que morreu.

podasdsast2

A cada ano os games de Dragon Ball ficam piores, e o Hype alto é sempre o mesmo, ao contrario dos games da série Naruto a qual não sou tão fã do anime, são feitos com muito mais carinho e detalhes, dragon ball é feito puramente para conseguir dinheiro, caça niqueis classico, Dragon Ball XV tem tudo para ser um bom game, a confiança aumenta muito quando temos um estudio que ja nos trouxe jogos incriveis na geração do ps2, mas infelizmente tudo que eles usam para vender seu peixe são coisas que nem deveriam ser o foco principal e sim um complemento, o game tem previsão para Março de 2015 para Ps3, Xbox360,  XOne, PS4 e PC pela Steam, sim amigos teremos o game para pc, e conhecendo bem como são os portes dos games japoneses para pc espere um game bem pesado.

Isso é tudo, quem gostou por favor compartilhe, siga-nos no facebook, comentem, xinguem ou mande paçocas e que até o lançamento em 2015,  até la quem sabe não rola uma análise de Dragon Ball Online.






postado em by levelcom categoria Notícias, Randons

Adicionar um comentário